Ludwik Fleck’s reception in Brazil: from an anonymous visitor to a renowned thinker

Mauro L. Condé

Abstract


The main purpose of this article is to provide a type of general framework of Ludwik Fleck’s reception in Brazil. Although this is not strictly a review of Fleck’s work – what I did in some papers before – we can use some of Fleck’s concepts to understand how his ideas have spread in Brazil. In other words, how was the genesis and development of Fleck’s thought-style in different thought collective in Brazil.


Keywords


Ludwik Fleck, Fleck’s reception in Brazil, Historiography of Science

Full Text:

PDF

References


Backes, V. M. S. Estilo de pensamento e práxis na enfermagem: a contribuição do estágio pré-profissional. 1999. Tese (PhD Dissertation – Nursing) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis – SC, 1999

Bombassaro, Luiz Carlos. As fronteiras da epistemologia: uma introdução ao problema da racionalidade e historicidade do conhecimento. Petrópolis: Vozes, 1992.

Bombassaro, Luiz Carlos. Ciência e Mudança Conceitual. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1995.

Camargo Jr, Kenneth Rochel de. “A biomedicina”. In: PHYSIS: Rev. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 15 (Suplemento): 177-201, 2005.

Condé, Mauro L. “Ciência e linguagem: Ludwik Fleck e Ludwig Wittgenstein” (“Science and language: Ludwik Fleck and Ludwig Wittgenstein”). In:

Condé, Mauro L. (Org.) Ludwik Fleck: estilos de pensamento na ciência. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012.

Condé, Mauro L. “De pé de página a novo clássico” [Prefácio]. In: Fleck, Ludwik. Gênese e desenvolvimento de um fato científico. Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010.

Condé, Mauro L. “Paradigma versus estilo de pensamento na história da ciência”. In: Condé, Mauro L.; Figueiredo, Betânia. (Orgs.) Ciência, História e Teoria. Belo Horizonte: Argvmentvm, 2005.

Delizoicov, D. et al. “Sociogênese do conhecimento e pesquisa em ensino: contribuições a partir do referencial fleckiano”. Caderno Brasileiro do Ensino de Física. Florianópolis, SC, v. 19, número especial, pp. 52-69, jun. 2002.

Fleck, Ludwik. “Problems of the science of science”. In: Cohen, R.; Schnelle, T. Cognition and facts: materials on Ludwik Fleck, Dochdrecht: D. Reidel, pp. 113-128. 1986.

Fleck, Ludwik. Gênese e desenvolvimento de um fato científico. (Trans. G. Otte, M. Oliveira). Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010.

Ilari, Rodolfo; Oliveira, Roberta Freire de. “Considerações linguísticas sobre de A gênese e o desenvolvimento de um fato científico: uma leitura semântica de Ludwik Fleck. In: Revista da Abralin (Associação Brasileira de Linguística), no. 12, 1991. pp. 95-107.

Löwy, Ilana. “Ludwik Fleck e a presente história das ciências”. In: Manguinhos – História, Ciências, Saúde. Rio de Janeiro: Fiocruz, v. 1, n. 1, 1994a.

Löwy, Ilana. “Fleck e a historiografia recente da pesquisa biomédica”. In: Portocarrero, V. (Org.) Filosofia, história e sociologia das ciências: abordagens contemporâneas. Rio de Janeiro: Fiocruz, 1994b.

Löwy, Ilana. “Introduction: Ludwik Fleck’s epistemology of medicine and biomedical sciences”. Stud. Hist. Phil. Biol & Biomed. Sc., n. 35, p. 437-445, 2004.

Lorenzetti, Leonir; Muenchen, Cristiane; Slongo, Iône. “A recepção da epistemologia de Fleck pela pesquisa em educação em ciências no Brasil”. Revista Ensaio. Belo Horizonte: v.15, n. 03, p. 181-197, set-dez, 2013.

Lorenzetti, Leonir; Muenchen, Cristiane; Slongo, Iône. “The growing presence of Ludwik Fleck’s epistemology in science education research in Brazil”. Transversal: International Journal for the Historiography of Science. 1,December, 2016, 52-71.

Santos, A. L. G. dos. Uma Construção dos saberes sobre a epidemia de AIDS - os formulários de notificação de casos em perspectiva (1982-98). 1999. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro – RJ, 1999.

Schnelle, Thomas; Schäffer, Lothar. “Introdução” in: Fleck, Ludwik, Gênese e desenvolvimento de um fato científico. (Trans. G. Otte, M. Oliveira). Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.24117/2526-2270.2016.i1.07

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2016 Transversal: International Journal for the Historiography of Science



ISSN: 2526-2270


This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Connect with us

 

 

Indexing and Abstracting

Transversal: International Journal for the Historiography of Science is indexed and abstracted in the following directories and databases: